quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Sobre Estilo pessoal:

                Como eu havia falado no instagram, o IESB promoveu uma semana direcionada aos cursos técnicos da instituição, disponibilizando alguns minicursos e workshops. Foi uma semana super inspiradora pra mim, porque participei da aula de Estilo Pessoal, que é um assunto que me prende completamente, já que sou suspeita para falar, aprofissão que enche os meus olhos é a de Consultora de Imagem. A aula foi ministrada pelo professor, vitrinista e personal stylist Felipe Lago e foi uma caixinha de surpresas com um mix de moda, psicologia e muito mais.
" A vida é muito curta pra querer parecer alguém que não seja a gente mesmo"
Cris Zanetti e Fê Resende
         Essa foi a primeira frase dita na aula, e me fez refletir: Temos o hábito de praticar a insatisfação! Não nos contentamos com a nossa aparência, e isso faz de nós pessoas frustradas  e infelizes por não termos a imagem almejada. A mania que nos persegue é a de idealizar algo, fazer disso um foco para a vida(quando eu pintar o meu cabelo vou ser mais feliz, quando eu colocar silicone estarei realizada, quando eu entrar na academia tudo vai se encaixar), essas atitudes resultam em decepção na maioria dos episódios, pois aquele clichê de que somos singulares é autêntico. Não há como nos compararmos com alguém, e buscar se igualar, não é possível. A grande sacada é se conhecer, saber o que te favorece e o que não, e sentir-se bem quanto a isso.
           Pensando nesse assunto de se conhecer , o professor propôs uma espécie de dinâmica. A ordem era formar duplas e se auto descrever para o outro, caracterizando minuciosamente o seu semblante, o seu físico e a forma ao qual se sente. Tá aí uma atividade difícil de ser executada... "Como eu me enxergo? Qual a forma do meu rosto?  Como são meus olhos? E minha cor? Qual é? A minha parte mais marcante é?" Milhões de respostas se passaram na minha cabeça, mas achei que tinha conseguido delinear como é a Raylane. Após a primeira parte, a segunda ordem foi: "Troquem as duplas e narrem a fisionomia da dupla do outro.". (Alô Brasil, que fácil é falar dos outros não é mesmo?) Descrevi facilmente o rapaz, e por fim, a ordem foi: "Comparem as descrições.". Engraçado como as coisas são... Enxerguei tantos defeitos meus quando falei de mim, que outrora o meu descritor passou despercebido. E aí vem o grande enigma revelado: Nos cobramos demais! Somos inconformados conosco, por isso buscamos vários defeitos quando o assunto é auto-críticar-se. 
Depois de nos deixar com essa pulguinha atrás da orelha, foi mostrado essa campanha incrível da Dove, rotulada como: Retratos da Real Beleza. Que personifica a ideia de que as mulheres são as principais críticas em relação à sua própria beleza.
           Pras leitoras preguiçosas(Penso muito em vocês! haha), segue uma das imagens que aparecem no video:
                Parece absurdo, mas se pensarmos bem, é mais do que verdade. E essa lição não é só para as mulheres, muitos homens também não possuem a auto-estima saudável. Temos que ter o interesse de nos conhecer, e mapear a vida que vivemos. Um dos artifícios para a felicidade entre "você e você" são as roupas que você veste, e para isso você tem que pesquisar sobre os mecanismos para se sentir bem, que são: 1.Descobrir o seu tipo de corpo(Já fiz uma postagem sobre isso em meninas, não vacilem!); 2.Ver o que valoriza a sua cor de pele e de cabelo; 3. Descobrir quem é você, qual o seu estilo. 
"Mais importante do que a roupa, é a vida que se vive dentro dela."
Cris Zanetti e Fê Resende
                 Existem várias sequencias a serem seguidas, para que o seu estilo pessoal seja lapidado, entre elas: consumir com consciência, perceber a importância da medida da roupa(P,M,G,GG,36,38,40...), ter um espelho em casa que reflita o seu corpo da cabeça aos pés, não se torturar(elimine peças do guarda-roupa que não te servem). Essas e outras dicas, vou explicando mais a fundo aqui no blog! Promessss!
                  Pessoal, espero que tenham gostado, eu tentei resumir bastante... Essa foi uma breve postagem ao qual eu tentei compartilhar um pouquinho com vocês desse conteúdo maravilhoso, que é o Estilo Pessoal, desta forma deixo aqui o meu pedido, dêem mais atenção as suas qualidades, desvendem o mistério que é o seu estilo pessoal, sejam vocês e esqueçam a influência de quaisquer referências externas. Amem a si, "não há acessório mais poderoso do que a própria segurança".

Raylane Bendôr