segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Sobre minha crise de personalidade pós-carnaval.

                  Fim de férias, fim do carnaval, do horário de verão, em suma: a vida real chegou, e o ano de 2015 vai começar agora com tudo. Em meio aos bloquinhos, as folias e a minha mudança, não me sobrou tempo para mantê-los atualizados de tudo, e de todos os detalhes sobre as minhas fantasias da festa da carne. Comecei o carnaval fugindo do zoológico, no outro dia fui parar em uma tribo e para fechar com chave de ouro, deparei-me em um circo.

                  Tudo clareou agora? É daí a origem do nosso título de hoje, minha crise de personalidade, não sei mais se sou onça, índia ou palhaça depois desses dias de festa! Brincadeira gente! Continuo a Ray, e por esse motivo, não pude abrir mão de soltar a criatividade (que Deus me deu de sobra), e embarcar no espírito cômico do carnaval.


                   É claro que eu tive companheiras, amigas, parceiras de "mico" nessa retórica palhaçada, sim, minhas amigas/irmãs Rayssa, Rayenne e Fernanda estavam comigo montando o time imbatível nos blocos da nossa linda Brasília, tão julgada por ter um carna tão atípico.

                   Vamos falar sobre o primeiro dia... Como eu publiquei um tempo antes, não abri mão de comparecer ao Babydoll de Nylon, e muito menos de "miar" bastante por lá. A caracterização foi simples, composta por adereços encontrados na Casa e Festa (Taguatinga norte), a preço de banana, R$ 4,99 GENTE! Mas apostamos em uma make bem literal, fucinho com delineador, boca com batom preto (aqueles de vó) e lápis.



                  Na segunda-feira, fui ao tradicional Galinho de Brasília, e dançamos muito atrás do trio, até dança da chuva (me julguem). A nossa alegria, era provinda de uma fantasia tão improvisada e tão bem sucedida. "Onde vocês compraram esses cocáres/penachos rosa?". Então gente, eles são nada mais nada menos do que aqueles pompons de festa, sabem? Arranquei as penas e colei em um fitilho preto! TCHARAAAAAAAAAAAAAAAAN! A make foi feita com delineador preto e tinta neon.



                   Terceiro dia, cinquenta tons da quarta-feira chegando e nossa empolgação não tendo fim! Então, vem brincar que o circo já chegou! O lacinho era uma gravatinha que comprei no Taguacenter e colei um círculo de emborrachado vermelho no centro. A make foi feita com tinta neon também!



                          Estávamos simples, mas com peças bacanas e baratas, que não atribuem desculpas para deixar de curtir o carnaval por falta de grana. A solução é curtir sem medo de ser feliz! No aguardo do próximo carna, me contem as fantasias/adereços de vocês!