terça-feira, 10 de março de 2015

Sobre 19 anos, reciprocidade e agradecimento


                 Data incorporada no calendário, 8 de março está vinculado à luta, reivindicações femininas, e na busca de direitos igualitários, e não tão menos importante, é o dia do meu nascimento, dia que tiro para frear a correria/rotina diária, e repensar atitudes para me melhorar. Algumas mudanças aconteceram na minha vida, para melhor, e assim, a intensidade e a reciprocidade definem a comemoração de 2015, pois tenho comigo amigos de todas as fases, de todos os âmbitos e que são responsáveis por tanto agradecimento, e que respondem de forma tão natural ao meu amor. Começo esses 19 anos sorrindo, transbordando amor, brilhando os olhinhos e para "tantan" do que nunca.



                     O melhor presente foi poder comemorar mais um ano ao lado de pessoas queridas e ser lembrada por aqueles que são tão especiais. Meu muito obrigada é com lágrimas nos olhos por todas as felicitações, elas fizeram meu dia, e preencheram o meu coração de ternura, ganhei combustível para suprir minhas necessidades por muito tempo. "Felicidade é quando a boca é pequena demais para o tamanho do sorriso que a tua alma quer dar." Grata por tanto carinho que recebi de todos os lados. Deus é sempre tão bom! Agradeço a Ele e peço que me conceda muita saúde e sabedoria para continuar plantando minhas sementes e colhendo os meus frutos.



                     Cor não poderia faltar na minha composição de domingo, então apostei nesse vestido da Melina (mas não é uma saia?), ao qual coloquei a parte do busto para dentro, e em um cropped de crochê preto que mandei fazer. Não sei se foi muito perceptível, mas tem um sutil mix de estampas no look, e quem comanda é o cinto de oncinha em meio à saia com cores e formas geométricas. Como em dia de aniversário, a aniversariante não para, optei por uma sandália rosa super confortável e de salto médio Arezzo.
                Minha expressão define, não é mesmo? Feliz! Feliz! Feliz! Compartilhando um pouquinho aqui da comemoraçãozinha de domingo, mas todo dia é dia de comemorar! Um brinde à vida!