segunda-feira, 30 de março de 2015

Sobre mudanças: de endereço e de vida

Exibindo foto.JPG

                 Há certos momentos na vida, que a mudança bate à nossa porta, e o que nos resta é recebê-la, em menos de 4 meses as alterações foram algumas inevitáveis e outras necessárias. A minha resposta para tantos acontecimentos foi: bem-vindas novidades, sim, estive e estou de braços abertos para qualquer metamorfose que tenho reservado dentro de mim.

Exibindo foto.JPG

                        Ganhei um cachorro, e minha família um novo motivo para esquecer o estresse do dia-a-dia, Zeus veio para acrescentar, e esse novo agregado está quebrando tabus aqui dentro de casa. Todas nós tínhamos medo de animais, e agora as coisas estão diferentes, novas experiências tão simples, mas tão significativas. As visitas ainda se assustam quando nos veem abraçando, cuidando e brincando com um cachorro, mas eles estão muito orgulhosos e se acostumando com a ideia nas novas "Bendor's".

Exibindo foto 1.JPG

                       Moro em apartamento, e sou muito feliz com isso, ainda mais pela localização, vizinha ao metrô, o que adianta em anos luz a minha vida de "pedestre", em controversa com toda a minha satisfação, vêm o sentimento oposto dos meus pais, que almejam fervorosamente morar em casa, ter jardim, espaço, não ter que dar satisfações sobre o horário das noitadas com os amigos e outros argumentos. E assim lá vamos nós, eu e minhas duas irmãs, para mais uma mudança (em menos de 10 anos, já mudamos e desmudamos mais de 4 vezes), encaixotar pertences, desapegar de peças, e nos adequar a nova vida que a mudança acarreta. Precisamente estou no episódio desapego, doando roupas, sapatos e peças que não me convém mais, minha irmã, Rayssa, é dentista, e agora acha que é decoradora de ambientes, só pensa em incrementar o quarto da casa nova e deixá-lo com a nossa cara, sim, sim, sim, n-o-s-s-a, dividiremos quarto, não só eu e ela, tem a outra, Rayenne, que só pensa em assuntos adolescentes (entenderam, né?).

Exibindo foto 2.JPG

                       Essa mudança física, representa muito, mas as minhas mudanças internas, de alma e de vida estão recebendo mais atenção no momento. A minha hora agora é de crescer, de tamanho, de largura, de cabeça, de profissão, tô terminando, em Abril, o meu curso de Produção, e carregando comigo muito aprendizado e experiências, além disso, começarei a faculdade no segundo semestre. Ultimamente tenho me importado tanto com pequenas coisas, com uma flor que vejo no caminho, com um amigo antigo que vem me dar um simples oi, tenho me importado principalmente em manter as pessoas que me querem bem por perto, e me anulado para as que não fazem tanta questão, é, a vida nos prega peças, e elas merecem ser assistidas na primeira fila, e me deparo comigo aplaudindo-me de pé, por ter tomado coragem de agir sem interferência do meio, e sendo um pouco egoísta (tenho a mania de querer abraçar todos), estou cuidando de mim, e quando digo isso, o Sobre Moda e outras coisas faz parte em uma grande porcentagem. Espero que estejam gostando, e que acompanhem comigo muito mais mudanças que estão por vir!