quarta-feira, 15 de julho de 2015

Sobre o Scarpin e seus super poderes


               Advindo da palavra italiana scarpa, que no português significa sapato, o Scarpin é simbolo moor de elegância entre as moças, desde os anos 40, quase 50. 



             Foi introduzido na moda pelo estilista francês Christian Dior com o new look, em 1947, trazendo feminilidade para a mulher no pós guerra. E atualmente ele vem sofrendo variações de acordo com a criatividade dos designers, ora de plástico, ora de couro, ora bicolor, ora monocromático.



                Ele é fechado, na parte frontal e posterior do pé, que originalmente possuía um formato que se afinava em direção ao bico, e sua característica principal é o salto, médio ou alto. É um sapato feminino democrático, que funciona bem para a sofisticada, a rebelde, a trabalhadora, a despojada; não importa no pé de quem vai ser calçado, sua forma elegante combina com todo tipo de vestimenta como saias, calças, vestidos e até bermudas.


             Confesso que demorei a aceitá-lo em minhas composições, visto que ele dá um ar mais maduro no look, entretanto me apaixonei, e pretendo só aumentar minha coleção.

Exibindo IMG_2427.JPG
Exibindo IMG_4520.JPG