quinta-feira, 1 de setembro de 2016

SOBRE MUITO CHOPPE, COMEMORAÇÕES E 80 ANOS DE CHOPPERIA PINGUIM


           Em meados da década de 30, no interior de São Paulo, a cidade de Ribeirão Preto diversificava suas atividades após o cenário do crash da Bolsa de Nova York, em 1929, que tirou-lhes poder, mas não o charme da capital do café, nesse período, no coração da cidade, o Edifício Diederichsen, estava sendo construído e antes de sua inauguração, um misto de bar com choperia abria suas portas no térreo, no dia 29 de agosto de 1936, sem grande alvoroço, bem na esquina de tradicionais ruas paulistas: ali nascia a Choperia Pinguim. 

           Aos poucos, o Pinguim foi crescendo e tornando-se conhecido pela qualidade do líquido servido, bom atendimento, pratos especiais e pelos personagens que o frequentam. A marca serve o chopp Antarctica, o mais famoso do país e convidou influencers da cidade para celebrar a sua trajetória de 80 anos, transbordando de alegria e chopp gelado.


            A data tão especial contou com um exclusivo cardápio que marcou a história da casa nas décadas passadas, entre os destaques do menu está a deliciosa Parma Giana à Palito, recheada com presunto parma e queijo provolone, os deliciosos petiscos e para refrescar o calor brasiliense, o público pôde saborear entre as diversas opções geladas, dois clássicos: o mini chopp, com 150ml de líquido e 50ml de creme; e o inigualável Maracanã, copo especial com 300ml de líquido e 90ml de creme. E em breve, mais itens clássicos prometem fazer parte deste menu comemorativo. 


            Há pouco mais de um ano em Brasília, a casa coleciona números expressivos, por mês são vendidos 15 mil litros de chopp. Os barris vêm direto da fábrica da Antárctica em São Paulo, e ao chegarem em Brasília, requerem um tratamento especial para garantir sua melhor conservação, qualidade e sabor.


Fotos: César Rebouças

DGBB Assessoria de Imprensa 
(61) 3344.2119 / 3344.0448 
 www.dgbb.com.br