terça-feira, 14 de março de 2017

SOBRE "THE COMEBACK" DA LINHA INSENSATEZ, O BOTICÁRIO


Cada um é livre para fazer as suas escolhas e ser quem quiser. E é nisso que O Boticário acredita. 
E se as pessoas querem cada vez menos rótulos, por que não tirá-los também da fragrância? A linha Insensatez, tinha saído de linha, e acaba de voltar para nos convidar a ir na contra-mão, mostrando que insensato é tentar ser quem a gente não é.



Lá pelos anos 90, Coco Chanel já idealizava o unissex, migrando peças do guarda-roupa deles para elas, hoje, entendemos que não exite mais isso de coisa de menino e coisa de menina. O Boticário foi muito além das roupas, trouxe o não-gênero para à perfumaria.


“Insensatez é atemporal e combina notas cítricas e refrescantes com a intensidade da madeira e um pequeno toque floral. Por isso, ela não tem gênero, agrada homens e mulheres”, explica o gerente de Perfumaria do Boticário, Jean Bueno. 

Uma fragrância genderless tem tudo a ver com os jovens de hoje, que não querem legendas, títulos ou definições, que passaram a valorizam a sua individualidade. E foi olhando para eles, que a marca viu a oportunidade de resgatar o conceito de Insensatez, com um discurso mais que transgressor.


Eles voltaram em fevereiro nas lojas do Boticário de todo o Brasil e estão disponíveis no e-commerce (www.boticario.com.br) e com as revendedoras da marca.

DGBB Assessoria de Imprensa 
(61) 3344.2119 / 3344.0448 
 www.dgbb.com.br